sismm.jpgOs servidores do magistério de Curitiba aprovaram em assembleia realizada na quinta-feira (19) um indicativo de greve para o dia 08 de abril. Os professores protestam contra a forma que a prefeitura vem conduzindo a implantação do novo plano de carreira da categoria.

Depois de dois anos de negociação, a divulgação do simulador do novo plano gerou muita revolta. O sentimento geral é de que o longo processo de negociação foi ignorado nessa reta final. Uma grande parcela da categoria, com mais de 15 anos de rede, se sentiu duplamente penalizada com as distorções demonstradas na ferramenta. A Prefeitura reconheceu que o simulador precisa de ajustes, mas ainda não divulgou quais foram os erros.

Além disso, a administração municipal não apresentou a base de cálculo usada na primeira versão do simulador. (mais…)

Compartilhe!

    Gustavo Fruet compareu na inauguração do Comitê Lealdade, em 2008.

    Gustavo Fruet compareu na inauguração do Comitê Lealdade, em 2008.

    O fantasma do “Comitê Lealdade” formado por dissidentes do PRTB, em 2008, para apoiar a reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), voltou neste início de outono a assombrar os políticos curitibanos.

    O presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Paulo Rossi, nesta sexta, pediu direito de respostas em cima da coluna do secretário Municipal de Governo, Ricardo Mac Donald, que enxergou viés político-eleitoral na greve dos garis encerrada ontem.

    Mac Donald afirmou na coluna que conhece a ficha do dirigente Manassés Oliveira, do Siemaco, sindicato dos trabalhadores na limpeza pública, ex-comandante do “Comitê Lealdade” financiado com recursos de caixa 2. “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”, disparou.

    Pois bem, Paulo Rossi divulgou esta tarde fotos de quando o então deputado Gustavo Fruet era assíduo frequentador do mesmo “Comitê Lealdade”.

    “Ao invés de tentar desqualificar o trabalho de dirigentes que lutam pela classe que representam, o secretário deveria cobrar a empresa que detém a coleta de lixo, a CAVO, importante doadora de recursos em campanhas eleitorais, reconhecimento do trabalho dos garis”, contra-atacou o presidente da UGT.

    A seguir, leia a íntegra do direito de resposta: (mais…)

    Compartilhe!

      Comparação de fotografias mostra envelhecimento rápido do governador Beto Richa.

      Comparação de fotografias mostra envelhecimento rápido do governador Beto Richa.

      Não passou despercebido o abatimento do governador Beto Richa (PSDB), que hoje pela manhã participou na Assembleia Legislativa de uma audiência pública itinerante da Câmara Federal.

      “O Beto Richa envelheceu uns 20 anos com a prisão do primo Luiz Abi”, observou um deputado que estava na mesa que conduziu as discussões sobre a reforma política no país.

      O Blog do Esmael buscou uma foto do governador de 16 de janeiro, portanto, antes dos escândalos de corrupção e da prisão de Abi, para comparar com um retrato de hoje.

      “Não era para ser menos [o envelhecimento]. Eles não querem o Abi, mas o próprio governador”, completou um analista de plantão, ao comparar as duas fotografias com 2 meses de diferença.

      Leia também:

      ‘Primo de Beto Richa chefiava quadrilha no governo do Paraná’, aponta Ministério Público

      Gaeco faz balanço de prisões por corrupção no governo do PR

      É de perder as contas: Gaeco prende mais 16 por corrupção na Receita Estadual do Paraná

      Compartilhe!

        Na foto do Réveillon em Foz do Iguaçu, o governador Beto Richa aparece bem descontraído ao lado do primo Luiz Abi e do colega de corrida das 500 Milhas, Márcio Albuquerque Lima, ambos presos pelo Gaeco.

        Na foto do Réveillon em Foz do Iguaçu, o governador Beto Richa aparece bem descontraído ao lado do primo Luiz Abi e do colega de corrida das 500 Milhas, Márcio Albuquerque Lima, ambos presos pelo Gaeco.

        O Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço policial do Ministério Público do Paraná, firmou convicção de que o lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB), chefiava uma quadrilha que atuava dentro do governo do Paraná.

        O parente do tucano está preso desde segunda-feira (16) em Londrina, Norte do estado, em virtude de fraude em licitação no valor de R$ 1,5 milhão destinado ao reparo de veículos do governo do estado.

        Segundo o promotor Cláudio Esteves, do Gaeco londrinense, os casos de corrupção nas licitações de oficinas mecânicas, de fraude na Receita Estadual e de pedofilia se entrelaçam porque algumas mesmas pessoas estariam envolvidas em crimes diferentes.

        Ao longo da semana, o Palácio Iguaçu vinha se “desfazendo” do parentesco entre Luiz Abi e Beto Richa, mas as coincidências da relação umbilical entre ambos só aumentam a cada dia.

        Primeiro com o destacamento do advogado da liderança do governo na Assembleia para atender o primo. Depois, surgem registros fotográficos da aproximação do governador com pelo menos duas pessoas presas.

        Numa das fotos que o Blog do Esmael teve acesso com exclusividade, Richa comemora o Réveillon em Foz do Iguaçu ao lado de Márcio Albuquerque Lima, delegado da Receita Estadual preso fraude que pode chegar até R$ 500 milhões e o primo Luiz Abi, apontado pelo Gaeco como chefe da quadrilha.

        Leia também:

        Gaeco faz balanço de prisões por corrupção no governo do PR

        É de perder as contas: Gaeco prende mais 16 por corrupção na Receita Estadual do Paraná

        Compartilhe!

          Primo do lobista Luiz Abi, governador Beto Richa participou hoje de audiência pública sobre reforma política na Assembleia; o evento foi promovido pela Câmara Federal, que realizou sua primeira reunião itinerante pelo país sob a batuta de Eduardo Cunha.

          Primo do lobista Luiz Abi, governador Beto Richa participou hoje de audiência pública sobre reforma política na Assembleia; o evento foi promovido pela Câmara Federal, que realizou sua primeira reunião itinerante pelo país sob a batuta de Eduardo Cunha.

          A primeira edição do programa acontece na Assembleia Legislativa do Paraná nesta sexta-feira (20), na qual se debate temas relacionados à Reforma Política, em reunião promovida pela Comissão Especial da Reforma Política da Câmara dos Deputados.

          O presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o governador Beto Richa (PSDB) compõem a mesa ao lado de deputados federais presentes ao evento.

          Transmissão da audiência pública encerrada. (mais…)

          Compartilhe!

            Clique na imagem para assistir à reportagem de César Setti.

            Clique na imagem para assistir à reportagem de César Setti.

            O Blog do Esmael e a TV 15 atualizam ao vivo, direto de Londrina, as informações sobre as várias prisões efetuadas pelo Gaeco ao longo desta semana.

            Dentre os vários detidos está o lobista Luiz Abi Antoun, primo do governador Beto Richa (PSDB) — apontado pelo Gaeco como chefe da quadrilha que fraudava licitações de oficinas mecânicas.

            O promotor Cláudio Esteves detalha os casos de corrupção nas licitações de oficinas mecânicas, de fraude na Receita Estadual e de pedofilia, que, pelo jeito, se entrelaçam porque seriam as mesmas pessoas envolvidas em crimes diferentes.

            Abaixo, assista ao vídeo: (mais…)

            Compartilhe!

              gaeco_richa.jpgO Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prendeu na manhã desta sexta-feira (20), na região de Londrina, mais 16 pessoas investigadas por corrupção na Receita Estadual do Paraná.

              Dentre os detidos hoje estão o delegado da Receita Estadual, Dalton Lázaro Soares, e o policial civil André Santelli.

              Os promotores que cuidam do caso estimam que as fraudes possam ultrapassar os R$ 500 milhões.

              Na Assembleia Legislativa, deputados governistas avaliam que a instalação de uma CPI para investigar a corrupção no governo Beto Richa (PSDB) fica cada vez mais “inevitável”.

              Os casos de corrupção nas licitações de oficinas mecânicas, de fraude na Receita Estadual e de pedofilia, ao que parece, se entrelaçam porque seriam as mesmas pessoas envolvidas em crimes diferentes.

              Daqui a pouco, a partir das 10 horas, ao vivo de Londrina, o Blog do Esmael e a TV 15 atualizam as informações dessas e de outras prisões efetuadas pelo Gaeco com entrevista exclusiva com o promotor Cláudio Esteves.

              Abaixo, assista às primeiras explicações do promotor sobre as novas prisões: (mais…)

              Compartilhe!

                esteves_tv15_abi.jpgDaqui a pouco, a partir das 10 horas, ao vivo de Londrina, o repórter da TV 15, César Setti, vai entrevistar o promotor Cláudio Esteves na sede do Gaeco.

                Os promotores do Gaeco apontam para o primo do governador Beto Richa (PSDB), o lobista Luiz Abi Antoun, como chefe da quadrilha que fraudava licitações para o reparo de viaturas da PM.

                Segundo as investigações, o parente do governador seria sócio oculto de oficina mecânica que ganhava os certames no governo do estado.

                Acompanhe ao vivo pelo Blog do Esmael, a partir das 10h.

                Compartilhe!
                  Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que  conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

                  Ricardo Mac Donald, em sua coluna desta sexta, afirma que conhece a ficha dos dirigentes do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco); ele se refere ao presidente da entidade, Manassés Oliveira, ex-comandante do Comitê Lealdade na campanha de reeleição do então prefeito Beto Richa (PSDB), em 2008, financiado com recursos de caixa 2; capitão do time do atual prefeito Gustavo Fruet (PDT) não tem dúvidas: “Vemos uma greve política com objetivo de desgastar a administração municipal”; leia a íntegra do texto.

                  Ricardo Mac Donald*

                  Como no ano passado, quando o Sindicato da categoria firmou acordo vantajoso para os trabalhadores, e depois incentivou uma greve desnecessária, vemos hoje a repetição da mesma tática, colocando a cidade como refém desses dirigentes.

                  Mais uma vez, o pedido é feito sem considerar a situação econômica do País e está bem acima da inflação do período.

                  Mais uma vez, reincidem na desobediência à decisão da Justiça do Trabalho, que determina, sob pena de multa, a manutenção de frota e equipe mínimas para o atendimento do serviço, considerado essencial à população.

                  Mais uma vez, apesar de ter recebido uma oferta feita pelo Procurador Geral da Justiça do Trabalho, com percentuais significativamente acima da inflação, insuflam a categoria à greve.

                  Já recebem o melhor salário do Brasil, entre as capitais, mesmo assim não consideram o que ocorre a sua volta, com colegas do Rio de Janeiro e de São Paulo, por exemplo, que pedem reajuste limitado à inflação do período.

                  Por tudo isso, e conhecendo a ficha dos dirigentes, vemos uma greve política, com objetivo de desgastar a administração municipal.

                  Apenas ontem à tarde, enquanto eu escrevia esta nota, graças à ação da Justiça do Trabalho, foi interrompida essa paralisação, que causou grandes prejuízos à cidade.

                  *Ricardo Mac Donald Ghisi é advogado, secretário Municipal de Governo de Curitiba. Escreve à s sextas no Blog do Esmael.

                  Compartilhe!
                    Charge de Nani para A Charge Online

                    Charge de Nani para A Charge Online

                    Compartilhe!

                      tn_338_600_CAPAJLSEX20MAR15Jornais do Paraná

                      Gazeta do Povo: PMDB amplia “racha” e sinaliza barreira contra pacote anticorrupção

                      Bem Paraná: “Depois de uma casa de swing, as outras baladas ficam cinzas”

                      Jornal Metro: Clube que der calote poderá ser rebaixado

                      Jornal de Londrina: Para Gaeco, Abi era cabeça de esquema

                      Diário dos Campos: AMTT vai adotar medidas para modernizar transporte de PG

                      Jornal da Manhã: Contradições envolvem caso ‘Mercado da família’

                      O Paraná: Denúncias sobre a saúde são esquecidas pelo MPF

                      Gazeta do Paraná: União quer negociar R$ 3,8 bi com times

                      Jornal Hoje: Obras do PDI encarecem mais de R$ 25 milhões

                      Gazeta do Iguaçu: Prefeitura informatiza sistema de controle da vacinação nas UBS

                      Diário do Noroeste: Associação orienta paralisação da colheita de mandioca e bloqueios

                      Tribuna de Cianorte: Proposta alivia em R$ 142,5 milhões despesa do Estado com Previdência

                      Umuarama Ilustrado: Região de Umuarama pode ter 6 mil casos suspeitos de dengue

                      Tribuna do Norte: Prefeito é preso pelo Gaeco em Bom Sucesso

                      Jornais de outros estados

                      Globo: Pressionada, Dilma fará mudanças no Ministério

                      Folha: Dilma frustra mercado e aliados ao negar reforma

                      Estadão: Apesar de pressão, Dilma resiste a reforma ministerial

                      Correio Braziliense: BC teme que Lava-Jato ponha bancos em risco

                      Valor: Levy tem margem mínima para atenuar o ajuste fiscal

                      Estado de Minas: Escândalo ronda sistema bancário

                      Zero Hora: Sartori corta R$ 1 bilhão e deixa suspense sobre salário

                      Compartilhe!

                        samek_agua_sp_mg.jpgO governo de Minas Gerais vai adotar o programa Cultivando Água Boa (CAB), desenvolvido pela Itaipu Binacional e parceiros, como principal ferramenta para a recuperação de microbacias e o enfrentamento da crise hídrica no Estado.

                        O decreto que institui o programa como política pública será assinado nesta sexta-feira, dia 20, em Belo Horizonte, pelo governador Fernando Pimentel (PT) e pelo diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, que também é do PT. A cerimônia vai marcar o início das comemorações da Semana da Água em Minas Gerais.

                        A movimentação dos petistas com o objetivo de resolver a falta d’água que tanto castiga a região Sudeste, causou “dor de cotovelo” nos tucanos, pois, o governo de Geraldo Alckmin, por exemplo, enfrenta sérias dificuldades com a escassez do precioso líquido.

                        Depois de levar a experiência da conservação das fontes hídrica aos mineiros, Jorge Samek, acompanhado do diretor de Coordenação e Meio Ambiente da Itaipu, Nelton Friedrich, embarcam dia 30 de março para Nova Iorque, onde receberão o prêmio ONU-Água, na sede das Organização das Nações Unidas, pelo programa Cultivando Água Boa.

                        Compartilhe!

                          pce.jpgTeve início no fim da tarde desta quinta-feira (19) mais uma rebelião no sistema penitenciário estadual, desta vez na Penitenciária Central do Estado em Piraquara. Dois agentes penitenciários foram feitos reféns. Esta é a 24ª em um ano no governo Beto Richa (PSDB).

                          Equipes do Bope, Batalhão de Operações Policiais Especiais, já iniciaram os contatos com os presos rebelados. As informações iniciais dão conta de que há cerca de 20 presos rebelados e quatro deles pedem transferência para outras penitenciárias do estado.

                          Apesar dos reféns, a situação já foi controlada e caminha para um desfecho sem feridos ou necessidade de invasão, informou a direção da penitenciária.

                          Desde o ano passado, essa é a vigésima quarta rebelião ocorrida no sistema penitenciário estadual. Foram dezenas de mortos e quase 50 agentes penitenciários tomados como reféns.

                          Com informações do Portal Bonde.

                          Compartilhe!

                            Alunos e professores de duas escolas na capital paranaense protestam; numa faltam professores; noutra faltam carteiras escolas; enquanto isso, a corrupção toma conta do governo Richa.

                            Alunos e professores de duas escolas na capital paranaense protestam; numa faltam professores; noutra faltam carteiras escolas; enquanto isso, a corrupção toma conta do governo Richa.

                            O dinheiro que vai pelo ralo da corrupção está fazendo falta nas escolas e hospitais do Paraná.

                            Hoje pela manhã, em Curitiba, alunos do Colégio Estadual Júlia Wanderley, no bairro Batel, pararam o trânsito da Avenida Vicente Machado em protesto contra a falta 14 de professores nos 1°, 2° e 3° ano do ensino médio.

                            As aulas foram retomadas há uma semana, depois de uma greve de um mês, mas efetivamente os problemas continuam os mesmos na maioria das 2,1 mil escolas da rede pública do Paraná.

                            Na Escola Lúcia Bastos, no bairro Alto Boqueirão, região Sul da capital, o problema é a falta de carteiras para os alunos sentarem durante as aulas. As salas são de madeira, os portões emperram por falta de manutenção, etc.

                            Quando professores e alunos se movimentam dentro da sala, o assoalho de madeira velha também se movimenta.

                            A direção da Escola Lúcia Bastos recorreu à SUDE (Superintendência de Desenvolvimento Educacional do Paraná), que em tese teria suprir a falta de cadeiras e carteiras, mas o órgão afirmou que não tem como atender ao pedido. Tampouco as escolas vizinhas têm como socorrer os alunos que assistem às aulas em pé.

                            Emergencialmente, a escola precisa de 25 carteiras. “Retiramos cadeiras da sala dos professores e da biblioteca, do apoio, que ainda não começou. E quando começar?”, lamenta Andrea Regina Zampier, mãe de aluna e funcionária administrativa da Escola Lúcia de Bastos, recordando que o estabelecimento já teve a melhor nota da região no Ideb.

                            Se o dinheiro do governo Beto Richa (PSDB) não fosse desviado em licitações fraudulentas, como naquela que levou o primo do governador à prisão, e a Receita Estadual não fosse alvo de corrupção de até R$ 500 milhões, segundo o Gaeco, possivelmente teria dinheiro de sobra para garantir que crianças assistiriam a suas aulas sentadas e não faltariam professores bem remunerados nas escolas do Paraná.

                            Nunca é demais recordar que o governo do estado deixou de repassar recursos para o Sistema de Atendimento à Saúde (SAS), que suspenderam o atendimento dos servidores públicos. O calote deixa, sobretudo, os educadores desguarnecidos na assistência médica. É o caos.

                            Compartilhe!

                              coleta.jpgReunidos em assembleia geral na tarde de quarta-feira (18), os trabalhadores da limpeza pública de Curitiba decidiram manter a greve por melhores salários e melhores condições de trabalho.

                              Eles rejeitaram a proposta intermediada pelo Ministério Público do Trabalho que oferecia reajuste de 9,7% nos salários e 16% nos tíquetes (10% em março e 6% em setembro). Nova rodada de negociação está marcada para a tarde de hoje, quinta-feira (19/3), com a intermediação do MPT.

                              Representados pelo Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação (Siemaco) e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sitro), ambos filiados à UGT, são mais 3 mil trabalhadores em greve. (mais…)

                              Compartilhe!
                                Copyright © 2009 Blog do Esmael. Todos os direitos reservados.