Coluna do Ricardo Mac Donald: “Deputado Ademar Traiano não passa no teste da farinha”

Compartilhe agora

Ricardo Mac Donald, em sua coluna de hoje, volta a fustigar o líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa do Paraná; considerado o capitão do time do prefeito Gustavo Fruet, colunista se propõe a "colocar ordem no galinheiro" começando com o tucano; Mac Donald quer submeter o parlamentar e também colunista deste blog nas quartas-feiras ao "teste da farinha" diante do TRE; Proponho que o Deputado Traiano escreva um artigo diante de um Juiz Eleitoral ou que dite, de memória, um artigo seu. Se conseguir, prometo que vou a pé, em penitência, a Santo Antonio do Sudoeste, e lá chegando, renegarei sua dificuldade em escrever a letra
Ricardo Mac Donald, em sua coluna de hoje, volta a fustigar o líder do governo Beto Richa na Assembleia Legislativa do Paraná; considerado o capitão do time do prefeito Gustavo Fruet, colunista se propõe a “colocar ordem no galinheiro” começando com o tucano; Mac Donald quer submeter o parlamentar e também colunista deste blog nas quartas-feiras ao “teste da farinha” diante do TRE; Proponho que o Deputado Traiano escreva um artigo diante de um Juiz Eleitoral ou que dite, de memória, um artigo seu. Se conseguir, prometo que vou a pé, em penitência, a Santo Antonio do Sudoeste, e lá chegando, renegarei sua dificuldade em escrever a letra “O” com a ajuda de um copo para reconhecê-lo como intelectual!, desafia; leia o texto.
Ricardo Mac Donald*

Ordem no Terreiro !“ IV

Hoje, deixo de lado as questões administrativas para responder ao colunista das quartas-feiras. Se, desde 1970, participo ativamente da vida política paranaense, não tenho culpa de ter convivido com seus personagens e de lembrar certos acontecimentos.

Na década de 80, surgiu o Jornal Correio de Notícias, capitaneado por Cícero Cattani, que tinha entre seus colaboradores o Renatinho, a Mari Tortato, a Roseli Abrão, e o Ricardo Prefeito. Alguns saíram anteriormente, mas o grupo só se desfez no final de 2012, após trabalhar na campanha do Ducci. Antes tinha se extinguido o Jornal Hora H, em que eu lia Ricardo Prefeito na sua coluna encimada com a foto do Príncipe Charles.

A Metamorfose

Cícero e Roseli seguiram carreira solo, sendo blogueiros de sucesso, e Ricardo Prefeito foi contratado na Assembleia Legislativa pelo Deputado Traiano. A partir de então, o Deputado, já no seu sexto mandato, especialista em nomear obras públicas e dar declarações de utilidade pública. (Quem viu uma proposta séria ou um grande pronunciamento ao longo de 24 anos?). Deixou de ser sapo e virou príncipe.

Pontua com galhardia na mídia do Estado, sem erros de Português, cheio de adjetivos e palavras cujo significado muitos precisam buscar no dicionário. Quer nos fazer crer que da noite para o dia virou estadista; o intelecto por trás do seu grupo político.

Ora Deputado! Não nos veja como beócios. Por favor, não diga que o escrito e assinado por mim é mal disfarçada tentativa de censura!. Não se disfarce do que você não é.

A prova dos nove. O teste da farinha

São expressões antigas para comprovar algo. Mas, neste caso, eu tenho uma sugestão mais simples. Tratando-se de política, usa-se o Direito Eleitoral.

Proponho que o Deputado Traiano escreva um artigo diante de um Juiz Eleitoral ou que dite, de memória, um artigo seu. Se conseguir, prometo que vou a pé, em penitência, a Santo Antonio do Sudoeste, e lá chegando, renegarei sua dificuldade em escrever a letra O! com a ajuda de um copo para reconhecê-lo como intelectual.

*Ricardo Mac Donald Ghisi é advogado, secretário Municipal de Governo de Curitiba. Escreve à s sextas no Blog do Esmael.

Comments are closed.