OAB vai processar dono da Havan por postagem difamatória em rede social

Compartilhe agora

A Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB-SC) divulgou uma nota neste domingo (6) em reação a uma postagem feita pelo empresário Luciano Hang na sua página do Facebook.

LEIA TAMBÉM:
‘MEC de Bolsonaro’ estuda adotar critério ideológico para conceder bolsas de estudos

O empresário, que é dono das Lojas Havan e principal cabo eleitoral do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em Santa Catarina, chamou os advogados de “porcos” e “abutres” porque a OAB se posicionou contrariamente à extinção da Justiça do Trabalho.

“A OAB ( ordem dos Advogados do Brasil) é uma vergonha. Está sempre do lado errado. Quanto pior melhor, vivem da desgraça alheia. Parecem porcos que se acostumaram a viver num chiqueiro, não sabem que podem viver na limpeza, na ética, na ordem e principalmente ajudar o Brasil. Só pensam no bolso deles, quanto vão ganhar com a desgraça dos outros. Bando de abutres”, escreveu Hang na rede social.

De acordo com a nota assinada pelo presidente da OAB-SC, Rafael Horn, o Conselho Federal da entidade e a seccional vão ajuizar em conjunto as medidas judiciais cabíveis “em face do cidadão que neste sábado, 5, ultrapassando os limites do direito de opinião, injuriou e difamou nossa profissão e nossa instituição”.

Com informações da NSC Total