PF realiza operação contra fraudes no auxílio emergencial

Compartilhe agora

A Polícia Federal (PF) realiza nesta quinta-feira (10) uma operação contra fraudes no recebimento do auxílio emergencial.

Batizada de Segunda Parcela, a operação está cumprindo 7 mandados de prisão, 42 mandados de busca e apreensão e 13 de sequestro de bens em 14 estados do país. Ao todo, 150 agentes participam da ação.

Também foram determinados o bloqueio de valores de até R$ 650 mil em diversas contas que receberam o benefício irregularmente.

“As medidas são parte de uma Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, da qual participam a Polícia Federal, o Ministério Público Federal o Ministério da Cidadania, a Caixa, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União, com o objetivo de identificar a ocorrência de fraudes massivas e desarticular a atuação de organizações criminosas”, informou a PF em nota.

Segundo a PF, essa estratégia coordenada já detectou, bloqueou e cancelou o cadastramento de mais de 3,82 milhões de pedidos irregulares.

Bolsonaro desiste de intervenção e reconduz reitor reeleito da UFPR

Vigarice do governo Bolsonaro em relação à pandemia chama atenção do mundo

França multa Google e Amazon por rastreamento publicitário abusivo